Vejam este vídeo: Entrevista com Padre Livio, fundador e presidente da Rádio Maria, Itália.

Medjugorje: plano de Maria para a salvação

Padre Lívio: “Se ligar os pontos das principais aparições mais do [Madonna na Europa], um M” grande “de formulários, um sinal de que é como a assinatura de Maria escrito em toda a Europa – que dá um sentido de sua proteção durante este continente “.

Moderador: Durante 20 anos Padre Livio Fanzaga foi o diretor da Rádio Maria, a rádio católica mais escutados em todo o mundo e que cresceu na onda de fervor que saiu das aparições da Virgem Maria em Medjugorje para que Padre Livio está profundamente ligada. Ele conta sua história em seu último livro, porque eu sou um cristão. Mas o que ele discute com a gente durante a nossa reunião vai bem além de Medjugorje. De acordo com este especialista muito grande sobre as aparições marianas, a Madonna apareceu na Europa nos últimos dois séculos seguintes um plano muito preciso. A fim de obter alguma idéia sobre ela, é o suficiente para ter um olhar cronológica nos locais das aparições diferentes que formam o M “virtual” de Maria no nosso continente. Começamos em Paris. Em 1830, em um convento na Rue du Bac, Maria manifesta-se à Irmã Catarina Labouré, a fim de anunciar que um grande perigo é eminente muito: “Mas eu estarei com você”, garante a Virgem Maria. 16 anos depois, em 1846, é a vez de La Salette, uma pequena cidade nos Alpes franceses. A Madonna aparece a dois pastorinhos infantil e anuncia que, se seu povo não vai submeter-se [aos mandamentos de Deus], ela será forçada a deixar cair o braço forte de Deus. Mary retorna em 1858, em Lourdes. À pequena Bernadette, a Virgem, que aparece para ela em uma gruta, pede que ser feito penitência pelos pecados [do mundo]. O encontro prosseguir. Em 1871, a Pointmain na Bretanha, durante o auge da guerra com a Prússia, a Virgem confia a um grupo de crianças a fórmula para obter a paz “, [” rezar Ela exorta-os]. Cinco anos depois, em uma pequena cidade no interior da França, Pellevoisin, a Virgem cura e converte Estelle Faguette e diz: “Eu vim para a conversão dos pecadores”. E em 1917, em Fátima, em Portugal os retornos Vergin Blessed para falar mais uma vez para a humanidade. Para os pastorinhos, Lúcia, Jacinta e Francisco, ela revela três segredos e pede que ser feito penitência, a fim de evitar um castigo divino. E mais uma vez, a Madonna parece cada cinco crianças 1932 em uma pequena cidade na Bélgica Beauraing, e no ano seguinte, Mariette, uma garota de uma família pobre de uma aldeia no Ardenne. Em 1947, em Roma, a Virgem parece Cornacchiola Bruno e seus três filhos, dentro de uma caverna num local conhecido como “Tre Fontane”. De ser um Adventista do Sétimo Dia, ele se converte ao catolicismo. E depois, em Syracuse, em 1953, a Madonna não fala, mas chora lágrimas de uma estátua. E então, a última aparição de Maria na Europa, ainda não oficialmente reconhecida, em Medjugorje, em 1981, onde revela 10 segredos e pede a oração eo jejum, e, finalmente, em Civitavecchia, em 1994, onde uma estátua de Nossa Senhora de Medjugorje chora lágrimas de sangue . Uma longa jornada que durou quase dois séculos, a fim de trazer uma mensagem:

Padre Lívio: “em todas as suas apparitons, nas mais modernas, aquelas que podem ser datadas de Rue du Bac, em 1830 – a Medalha Milagrosa – até hoje, a mensagem básica, os temas das mensagens são basicamente idênticos – que é, a conversão a fé, a oração. Existe um segmento que une todas essas aparições juntos, esta é a era de Maria, a era dos apóstolos de Maria, a época de sua batalha contra a besta.

Moderador: Porque é que Maria “assinatura” sobre a Europa?

Padre Livio: É a Europa por muitas razões. Em primeiro lugar porque como eu disse que a Europa é o continente cristão, é o continente que deu origem à civilização cristã, e ao mesmo tempo muito a Europa tem assistido a uma crescente apostasia da época da Revolução Francesa até os dias atuais – tem visto uma crescente apostasia longe do cristianismo, que começou em primeiro lugar entre os grupos de intelectuais ou grupos políticos e, em seguida, evoluiu a ponto de infectar uma grande parcela das massas de crentes simples razão pela qual nos encontramos hoje a enfrentar o fenômeno massa de descristianização. Como João Paulo II disse: “a humanidade está em uma bifurcação na estrada”, temos realmente chegar a uma bifurcação na estrada entre a vida ea morte. A Madonna está aqui para nos ajudar a vencer esta batalha, ea fim de garantir a paz para o futuro da humanidade.

Moderador: Em todas as aparições, a mensagem da Virgem parece clara: a humanidade está em perigo e que a única maneira de salvá-lo é através da oração, penitência e jejum.

Padre Lívio: Eu acredito que um dia – e no Céu saberemos – o que escapou, o que deixou nas nossas costas, o que foi poupado por conta do jejum dos seguidores de Maria.

Moderador: Outro elemento recorrente em todas as manifestações da Mãe de Deus é que suas mensagens, de importância tão urgente e revelence para toda a humanidade, sejam atribuídas a pessoas simples, humildes, quase sempre crianças ou adolescentes. Em Fátima, como também em La Salette e em Medjugorje Nossa Senhora pede, pelo menos por um período de tempo, que sua mensagem permanecem em segredo. Por quê?

Padre Lívio: Sim, há sem dúvida uma estratégia por trás do uso do segredo. Por que a Madonna usa essa estratégia é, seguramente, por razões pedagógicas. No entanto, eu gostaria de sublinhar a diferença fundamental que existe entre os segredos de Medjugorje e os segredos de Fátima, isto é, em síntese, que os segredos de Fátima foi revelado muito tempo depois [do] aparições. Os segredos de Medjugorje vez será revelado apenas um de cada vez e três dias antes de cada um é definida para ocorrer. Então, o que significa isto? Em primeiro lugar, isso significa que eles são particularmente importantes porque, desta forma, pode ser imediatamente verificada se o segredo foi realizado. Eles são, como posso dizer, eles dão uma garantia de que o mundo não está nas mãos de quem sabe que tipo de força maligna e destrutiva, mas sim, algo que está nas obras que Deus tem predestinado, algo que, em qualquer caso que nos salvar.

Moderador: Mas este perigo – o que é que vai ser?

Padre Lívio: Bem, eu fiz uma hora de duração com a entrevista de duas vidente Mirjiana que é o principal um [no que diz respeito aos segredos], mas ela não .. Ela diz que conta os segredos do mundo e da Igreja. Enfim, na minha opinião, eles não têm nada a ver com o estranho fenômeno. Na minha opinião, o perigo é um holocausto nuclear. Isso, na minha opinião, é o maior perigo.

Moderador: Mas a mensagem de Medjugorje, pode ser considerada a final?

Padre Lívio: A Madonna disse muito claramente em Medjugorje que estas são as suas últimas aparições na terra e que ela veio pela última vez para convidar a humanidade converter. Desta vez não é como em Fátima, onde Nossa Senhora foi capaz de dizer: “Se você não converter haverá outra guerra [Segunda Guerra Mundial], pior do que este [Primeira Guerra Mundial]”, mas naquela época não havia o potencial de destruição nuclear que há agora. A guerra agora significaria o fim do mundo, o mundo em chamas.

(Nota: “converter”, uma conversão do coração, um retorno a Deus, à oração e à penitência)

Fonte: http://holyqueen.altervista.org/medj_eng_topsecret.htm

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: