APARIÇÃO E MENSAGEM DE NOSSA SENHORA A MIRJANA DRAGICEVIC SOLDO EM NAPÓLES NA ITÁLIA, NO DIA 02 DE FEVEREIRO DE 2012

Queridos filhos, por tanto tempo Eu estou com vocês e já por tanto tempo estou lhes mostrando a presença de Deus e o Seu infinito amor, que desejo que todos vocês conheçam. Mas vocês, meus filhos¬? Vocês estão ainda surdos e cegos; enquanto olham o mundo em volta de vocês, não querem ver para onde está andando sem o Meu Filho. Estão renunciando a Ele, mas Ele é a fonte de todas as graças. Escutem-Me enquanto lhes falo; mas os seus corações estão fechados e não me ouvem. Vocês não estão rezando ao Espírito Santo a fim de que os ilumine. Filhos meus, lembrem-se: somente uma alma humilde brilha de pureza e de beleza, porque conheceu o amor de Deus. Somente uma alma humilde se torna um Paraíso porque neste está Meu Filho. Obrigada. De novo peço a vocês: rezem por aqueles que o Meu Filho escolheu, isto é, os seus pastores.

VEJA OS VÍDEOS DA APARIÇÃO DO DIA 02 DE JANEIRO DE 2012:

 

“Sessenta sacerdotes concelebraram a Santa Missa e um número de 20 a 25 mil pessoas se fizeram presentes para a Aparição de Nossa Senhora à vidente Mirjana Dragicevic Soldo que neste dia 02 de fevereiro de 2012 ocorreu na cidade de Nápoles, na Itália.
A multidão já tinha rezado por cinco horas quando Mirjana entrou no ginásio esportivo, e neste período os sacerdotes tinham ouvido muitas confissões e os pedidos de intenções por escrito tinham enchido 4 grandes cestos” noticiou o jornal local Campania Notizie.
Porém se pôde perceber uma mudança no clima do encontro quando foi lida a Mensagem de Nossa Senhora para Mirjana na qual Nossa Querida Mãe afirmou que a humanidade não está se mostrando disposta a aceitar as suas Mensagens que já por 30 anos nos tem sido oferecidas.
Durante o encontro Mirjana deu um testemunho de 10 minutos no qual ela repetiu um pensamento que os que a acompanham mais de pertojá ouviram mais vezes. Disse Mirjana: “Nossa Senhora nos pediu para rezarmos pelos incrédulos por aqueles que que ainda não encontraram o amor de Deus. Muitas coisas ruins da vida vêm dos incrédulos: guerras, separações, suicídio, drogas, abortos. Mas nós podemos mudá-los com nossas orações“. Mirjana também rezou o terço durante o encontro.(Fonte: Medjugojretoday.tv)

(Fonte: http://queridosfilhos.org.br/)

Anúncios

Palestra do vidente Ivan em 31 de janeiro de 2012.

Palestra do vidente Ivan em 31/01/2012

Meus queridos sacerdotes, meus queridos irmãos em Cristo e também especialmente àqueles que estão unidos a nós através da internet. Eu estou muito feliz de poder compartilhar com vocês esta noite aqui e de compartilhar com vocês todas as lindas mensagens que a Mãe nos tem mandado durante todos estes 30 anos. Nossa Mãe vem até nós quando mais necessitamos. Ela vem a Seus filhos quando eles tem problemas. Ela veio para nos tirar deste caminho cego no qual estamos caminhando. Através destes 30 anos de aparições, realmente é um ponto de mudança para a humanidade, para a família e para a Igreja. E quando eu digo que estamos em um momento de mudança eu quero dizer com isto que: ou nós vamos caminhar no caminho de Deus ou vamos caminhar no caminho do mundo ?  Nossa Senhora está nos chamando para que decidamos por Deus, porque Nele está a nossa paz. Este mundo não pode nos dar a paz. A paz que o mundo nos dá rapidamente nos desaponta. Por isto devemos nos decidir por Deus. Devemos aceitar estes tesouros porque que são eternos. Não passam.Tudo o mais passa. Nós estamos nesta terra apenas como peregrinos. Estamos em uma jornada. E por isto devemos fazer uma decidir. Devemos nos decidir a caminhar no caminho correto. Jesus está nos chamando. Nossa Senhora está nos chamando. “Venham a mim todos os que estão cansados e eu vos aliviarei. Eu os darei descanso. Eu os darei força.” Nós nesta noite viemos até a fonte. Viemos até Jesus. Para encontrá-lo. Viemos a Santa Missa. A Missa é o centro de nossas vidas. Nossa Senhora disse: “Meus queridos filhos, que a Missa seja o centro de suas vidas.” Em uma aparição de Nossa Senhora, nós seis estávamos ajoelhados em frente a Ela e Ela nos disse: “Meus queridos filhos, se amanhã tiverem que decidir em vir a Mim e ter um encontro Comigo e ir a Santa Missa, não venham a Mim, vão a Santa Missa. Porque quando vocês vão a Santa Missa, vocês se encontram com Jesus. Vocês estão se entregando a Ele e O recebendo.

Nós viemos aqui nesta noite para Nossa Mãe, para nos entregarmos em Seus braços. Entregar todas as nossas necessidades, desejos e problemas. Viemos para dizer a Ela: “Mãe reza por nós! Reza e intercede diante de Seu Filho por todos nós.” Nossa Mãe reza por nós. Ela sempre está conosco nos momentos mais difíceis e também com Seu Filho. Mas devemos nos fazer esta pergunta: “Quando realmente eu estou com Ela ? Quanto tempo eu gasto em oração com Ela todos os dias ?” Nossa Senhora nos ama tanto! As Suas lágrimas de alegria sempre fluem pelo Seu grande amor por nós. Em uma mensagem Ela disse: “Queridos filhos, se vocês soubessem o quanto os amo e os cuido, vocês chorariam de alegria.” Assim é o amor de Nossa Mãe. Ela nos carrega em Seu coração. Ela nos colocou em Seu coração.

Nesta noite durante a aparição, Ela estava tão contente e feliz. Esta alegria se via em Seu rosto e em Seus olhos. Tão grande é o Seu amor.

Já se vão 30 anos desde que Nossa Senhora está conosco. Nossa Mãe está nos ensinando e nos ajudando a crescer. Nossa Senhora é uma grande educadora pastoral e nos ajuda a crescer. Seu Filho é o centro para guiar-nos. Ela disse: “Meus queridos filhos, Meu Filho me mandou para ajudá-los.

Estar com Nossa Mãe por 30 anos. Somente imaginem ficar com Ela apenas um minuto durante 30 anos. Estar na luz do Paraíso. Não é fácil retornar depois disto. Passo o dia rezando por este momento. Somente para ver o seu sorriso, o seu rosto. Realmente é um grande presente. Eu não sei se poderia agradecer suficientemente este grande presente na minha vida. É um grande presente mas também uma grande responsabilidade. Eu sei que Deus me deu muito, mas que espera muito de mim. Eu sei que muitos de vocês foram a Medjugorje. Vocês tem amigos que foram lá. Assistiram vídeos sobre isto. Quantos de vocês já foram ?

Para aqueles que não conhecem, devo voltar aos primeiros dias das aparições para que vocês tenham uma idéia de como começaram estas aparições.

1981. Eu era uma criança naquele momento. Eu tinha 16 anos. Era muito tímido e introvertido. Estes anos 80 eram muito difíceis porque eram tempo de comunismo. A Iugoslávia ainda existia naquele tempo. Não tínhamos liberdade. Não podíamos falar e expressar a nossa fé. A vida era difícil. Meus pais e eu trabalhávamos muito duro todos os dias nos campos cultivando o tabaco e nos vinhedos. Eu me levantava todos os dias as cinco da manhã porque como eu era o mais velho dos três filhos, eu tinha que me levantar mais cedo. Eu trabalhava muito duro todos os dias. E todos os dias eu sempre perguntava a meus pais quando teríamos um dia de festa para que eu pudesse descansar e jogar bola com os meus amigos. E este dia chegou. 24 de junho de 1981. Festa de São João Batista. Era quarta-feira. Naquela manhã como em qualquer dia de festa, nossos pais nos deixavam dormir um pouco mais, mas não tanto que perdêssemos a Santa Missa. Minha mãe vinha até meu quarto muitas vezes, despertando-me, dizendo: “Levante. Seus irmãos estão te esperando.” Você sabe como são as mães. Não podíamos pensar muito mais. Tinha que me vestir, ajudar os meus dois irmãos mais novos, cruzar os campos e chegar até a Igreja. Fui a Missa das 6 da manhã naquele dia. Meu corpo estava lá naquele dia. Mas não estou seguro se estava com minha alma e meu coração. Parecia que a Missa não tinha fim. Voltei para casa e meus pais sempre faziam esta pergunta. E minha mãe me perguntou: “Ivan, qual foi o Evangelho de hoje ?” eu disse: “Não sei!” Nunca me lembraria. Eu não sabia. Depois disto me sentei diante da mesa para comer. Comíamos sempre juntos. Meus amigos da vila vieram e me chamaram para jogar bola com eles. Às 3 da tarde estávamos no campo jogar bola. E quando estávamos muito cansados começamos a voltar para nossas casas. E quanto estávamos voltando para nossas casas nos encontramos com três garotas. Elas eram Ivanka, Mirjana e Vicka. Eu ia ao colégio com Vicka. Era um ano mais velha do que eu. As outras duas eu não as conhecia muito bem. Naquele momento elas não viviam em Medjugorje. Mirjana vivia em Sarajevo e Ivanka em Mostar. Elas passavam as férias de verão com seus avós em Medjugorje. Meus amigos perguntaram para as três garotas: para onde vocês estão indo ? Elas disseram: nós vamos caminhar. Eu não perguntei nada. Eu era muito tímido e não falava com as meninas. A maioria dos garotos foram até o centro da vila. Minha casa era antes do centro da vila. Um amigo veio comigo para que eu trocasse de roupa e voltar casa dele assistir um jogo de basquete na televisão.  Naquele momento só 5 ou 6 familias que tinham televisão. Sempre nos reuníamos em uma destas casas para assistir jogos de futebol ou de basquete. Disse: “vamos lá em casa comer algo rapidamente e assistir o segundo tempo do jogo.” Comemos e voltamos. Mas nunca chegamos. Nunca soubemos o final da partida. Algo aconteceu. Quando estávamos caminhando ouvimos uma voz a distância: “Ivan, Ivan venha ver Nossa Senhora!” Eu ouvi a voz mas não vi ninguém. Ninguem na minha frente ou atrás de mim. O caminho que fazíamos era muito estreito e cheio de arbustos e espinheiros. Mas esta voz se aproximava. E num momento eu vi uma das três garotas que tínhamos conversado. Era Vicka. Estava sem sapatos e tremendo de medo. Nos dizia: “Venham comigo para verem a Senhora na colina.” Eu a olhei. Não sabia do que ela estava falando. Eu tinha 16 anos e era uma criança. Meu amigo disse: “Do que está falanndo ? Como assim Nossa Senhora ? Venha conosco ver a segunda parte do jogo!” Eu pensei: “Está doida! Não sei do que está falando.” Ela insistia que fossemos com ela. Algo estranho estava acontecendo porque não era a Vicka que eu conhecia. Começamos a caminhar com ela. Quando vi a maneira que ela se comportava e tremendo começamos a ter medo tambem. Quando chegamos ao local e vimos as outras duas garotas: Ivanka e Mirjana. Estavam olhando algo sobre a colina. Ao chegarmos aos pés da colina, Vicka apontou com sua mão: “Vejam o que está acontecendo ali!” Então eu vi a bela Nossa Senhora em tamanho normal. Imediatamente comecei a correr para casa. Penso que ninguém conseguiria me alcançar. Chegando em casa eu não disse nada para ninguém, nem para meus pais e nem para meus irmãos. Me tranquei em meu quarto. Creio que se tivesse 100 chaves e 100 cadeados eu teria usado. Estava com tanto medo. Passei a noite em claro me perguntando: “Isto é possível ? Como é possivel ? Seria Nossa Senhora ?” Eu nunca poderia sonhar com algo assim. Eu não tinha nenhuma devoção especial a Nossa Senhora. Não sabia sobre as aparições. Eu ia a igreja, rezava com meus pais, crescia na fé. Eu não era melhor do que os outros. Aquela noite diante de mim realmente foi uma noite de muito medo. Sabe o que eu mais temia ? Se Nossa Senhora viesse a meu quarto nesta noite como eu poderia escapar ? Como eu correria ? Parecia que a manhã não chegava. Esta foi a noite mais longa da minha vida. Meus pais me esperavam atrás da porta. Vocês sabem que nos tempos do comunismo nós tínhamos muito medo. Meus pais me disseram: “Muito cuidado com o que fala e no que diz. Não brinque com estas coisas. Você pode ser preso.” Me fizeram muitas perguntas. Eu disse o que tinha visto. No segundo dia muitas pessoas se reuniram ao nosso redor. Vieram principalmente para nos proteger da polícia e das autoridades. As 15:00 as pessoas que ficaram conosco disseram: “Talvez Nossa Senhora tenha deixado algo provando que Ela esteve lá!” As pessoas espontaneamente se reuniram na colina. Quando chegamos a uns 20 metros de distância Ela estava nos esperando. Tinha o Menino Jesus nos braços. Estava flutuando em uma nuvem. Tinha uma coroa de estrelas. Fazia sinal com a mão para que nos aproximássemos. Não dava para chegar lá. Mas meus joelhos se dobraram. Não por minha força. Eu corria por cima destes arbustos e espinheiros como que voando. Não sentíamos nenhuma dor e nos aproximamos Dela. Em Sua Mão esquerda tinha o Menino Jesus e colocou sua Mão direita por cima das nossas cabeças. Ela começou a dizer Suas primeiras palavras: “Meus queridos filhos, Eu estou com vocês. Eu sou a Mãe de vocês. Não tenham medo de nada. Eu os protegerei. Eu os ajudarei. Eu os guiarei.” Era muito difícil voltar a mim mesmo. Uma das meninas mais calma perguntou: “Quem é você e como se chama ?” Ela disse: “Eu Sou a Rainha da Paz. Eu vim queridos filhos porque Meu Filho Me mandou para ajudá-los. Meus queridos filhos: paz, paz e somente paz! Deve haver paz, queridos filhos! A paz deve reinar entre o homem e Deus e entre as pessoas. Meus queridos filhos, este mundo e esta humanidade se encontra em grande perigo: o perigo da auto-destruição.” Estas foram as Suas primeiras palavras ao mundo que Nossa Senhora deu através de nós. No segundo dia A reconhecemos como nossa Mãe e a partir deste dia até hoje, três de nós A vemos todos os dias. Meus queridos amigos, não quero que me olhem como um santo ou como alguém perfeito porque não o sou. Estou tentando ser melhor e mais santo a cada dia. É o meu desejo e este desejo esta impresso em minha mente e em meu coração. Só porque vi Nossa Senhora não significa que me converti do dia para a noite. Eu sei que a minha conversão é um processo como é para todos nós. É um programa para a minha vida. Tenho que ser persistente para poder cumpri-lo. Devo me abrir ao Espírito Santo e à Graça. Devo aceitar as palavras de Cristo do Santo Evangelho para poder crescer em santidade. A pergunta que tenho em minha mente por todos estes 30 anos é: “Mãe, porque eu ?  Mãe não tinha ninguém melhor do que eu ? Mãe será que eu estou fazendo o que você me pede ? Mãe, a Senhora está satisfeita comigo ?” Não tem um dia em minha vida que não me faça estas perguntas. Me recordo bem que em um dos meus encontros com Nossa Senhora, eu estava só com Ela, ficava muito tempo pensando: “Será que eu pergunto ou não ?” Não sabia como perguntar. Neste dia tomei a coragem de fazê-La esta pergunta: “Mãe, porque eu ? porque escolhestes a mim ?” Ela sorriu docemente e por pouco tempo e me disse: “Saiba, Meu querido filho, que nunca escolho os melhores.” Vocês pensam que eu alguma vez fiz esta pergunta novamente depois disto ? Eu nunca mais a perguntei. Assim, fazem 30 anos que minha Mãe me escolheu. Para ser Seu instrumento; um instrumento em Suas Mãos e nas Mãos do Senhor. Ela me matriculou em Sua escola. Em Sua escola de paz, de amor e de oração. Eu desejo ser um bom aluno neste colégio. Eu desejo cumprir esta tarefa que Ela me deu da melhor maneira possível. Realmente através destes 30 anos eu me pergunto: “Mãe, porque não apareces a todos ?” Porque assim todos acreditariam e eu não precisaria estar aqui com vocês hoje. Certamente eu não posso entrar nos planos divinos que Deus destinou a cada um de nós. Nós temos que estar abertos a estes planos divinos e devemos aprender a reconhecê-los e aceitá-los. Devemos estar felizes que Ela está conosco. O Evangelho diz: “Bem aventurados os que não viram mas acreditaram.” Claro que não é fácil e não é simples. Estar com Nossa Senhora todos os dias e falar com Ela todos os dias. Depois do encontro com Ela voltar à terra e caminhar neste mundo. Porque quando Nossa Senhora vem todos os dias, Ela nos traz um pedaço do Céu com Ela. Se vocês pudessem ver Nossa Senhora por apenas um segundo, eu não sei se a vida para vocês seria tão interessante depois disto. Todos os dias após o encontro com Ela eu preciso de um longo tempo para voltar a este mundo. Quais são as mensagens mais importantes a que Nossa Senhora está nos chamando ? Vocês sabem que nestes 30 anos Nossa Senhora nos deu muitas mensagens. Eu gostaria de compartilhar com vocês as mais importantes: paz, conversão, oração com o coração, jejum e penitência, fé forte, amor, Eucaristia, perdão, confissão e uma mensagem de esperança. Estas são as mensagens mais importantes com as quais Nossa Senhora está nos guiando. Através destes 30 anos Nossa Senhora através destas mensagens está simplificando para que possamos entendê-las e que possamos vivê-las. Como disse anteriormente, Nossa Senhora veio e se apresentou a nós como a Rainha da Paz. Ela veio do Rei da Paz. Quem sabe melhor que a Mãe que a paz é necessária para este mundo cansado. Quanta paz é necessária para as famílias cansadas. Quanta paz é necessária hoje para a juventude cansada. Quanta paz é necessária para a Igreja cansada de hoje. Nossa Senhora disse: “Meus queridos filhos, vocês são a Igreja viva, vocês são os pulmões da Igreja. Por isto, Meus queridos filhos, se vocês forem fortes, a Igreja será forte, porém, se vocês forem fracos, a Igreja será fraca.” Quão belo é hoje ver a igreja cheia. Qual o padre que não gostaria de ver sua igreja cheia todos os domingos ? Nós somos esta igreja vivente. Nossa Senhora disse: “Não existe igreja viva sem uma família viva. “ Por isto Nossa Senhora nos chama tanto a renovar a vida sacramental da família e para renovar a oração na família. Não podemos esperar que o mundo fique melhor se nós não renovamos as nossas famílias através da oração. Porque a família é a semente do novo mundo. Nós temos que trazer Deus em primeiro lugar em nossas famílias. E a nossa Mãe vem nos ajudar nisto. Ela vem a encorajar-nos e consolar-nos. Nossa Mãe nos traz uma cura divina para todas as nossas dores com tanto amor e com tanta ternura. Ela nos quer guiar pelo caminho da paz, que é o caminho de Seu Filho. Ela nos disse: “Meus queridos filhos, hoje como nunca antes, este mundo e esta humanidade está em uma grande crise. Mas, queridos filhos, a crise mais grave é a crise da falta de Deus, porque vocês se distanciaram de Deus, vocês se distanciaram da oração. Esta humanidade está criando um futuro sem Deus. Meus queridos filhos, não há oração nas famílias nos dias de hoje.” As famílias não tem tempo para estarem juntas. Os esposos não tem tempo um para o outro. Não há mais amor. Não há fidelidade entre os esposos. A imoralidade está passando pelas famílias. Tantas famílias destruídas. A Mãe está nos chamando: “Queridos filhos, coloquem Deus em primeiro lugar em suas vidas. Não existe futuro sem Ele. Tragam a oração de volta para que através da oração, a paz e o amor voltem.” Nossa Mãe vem porque quer nos tirar fora desta escuridão. Ela nos quer mostrar o caminho da Luz e da Esperança. E Nossa Senhora disse: “Meus queridos filhos, se uma pessoa não tem paz em seu coração, se não está em paz consigo mesmo, se não há paz na sua família, não queridos filhos, não pode existir paz no mundo. Por isto Eu os estou chamando. Vocês não estão em paz. Comecem a viver a paz. Não falem de oração, mas comecem a viver a oração.” Sua família só poderá ser curada retornando para a oração e para a paz. Nos últimos anos, temos ouvido muitas vezes a palavra recessão. Muitos falam da recessão econômica. Esta humanidade não está em uma recessão econômica. A humanidade e o mundo estão em uma recessão espiritual. Cada recessão espiritual cria outras recessões. Nossa Mãe vem até nós porque Ela quer levantar esta humanidade pecadora. Ela está preocupada com a nossa salvação. Nossa Senhora disse: “Meus queridos filhos, Eu estou com vocês. Estou entre vocês para ajudá-los porque desejo que a paz retorne. Meus queridos filhos, Eu preciso de vocês. Com vocês poderei realizar a paz. Por isto, queridos filhos, decidam-se pelo bem. Lutem contra o mal e contra o pecado.” Nossa Mãe fala de maneira simples. Ela repete tantas vezes. Ela não se cansa. Tantas mães estão presentes aqui hoje. Quantas vezes falaram para os seus filhos: “sejam bons, estudem, trabalhem, me escutem!” Repetem a seus filhos milhares e milhares de vezes. Vocês estão cansadas ? Eu espero que não. Existe alguma mãe sortuda aqui que possa dizer: “eu digo só uma vez e não preciso nunca repeti-la ?” Eu acho que não existe mãe aqui assim ! Todas as mães devem repetir. Assim é Nossa Senhora conosco.

Um amigo meu, que era cético, quando Nossa Senhora lhe deu uma mensagem, ele veio me visitar e disse: “Eu sei qual foi a mensagem que você recebeu para mim: REZE, REZE, REZE!” Então lhe disse: “Se você tivesse começado a rezar, Nossa Senhora não teria dito isto, teria te dado outra mensagem diferente.” Cada Nossa Senhora repete uma mensagem, é um novo convite para cada um de nós. É porque algo não vai bem. Nossa Mãe nos está despertando outra vez.

Através destes anos Nossa Senhora nunca nos criticou, mas nos está ensinando. Ela não nos fala do final do mundo, nem da segunda vinda de Jesus. Não. Ela vem como a Mãe da Esperança. Porque Ela quer trazer esperança para a famílias, para o mundo, para a Igreja. Porque o mundo de hoje está sem esperança. Nossa Senhora nos pede que voltemos a confissão mensal, que façamos adoração do Santíssimo Sacramento e veneremos a Santa Cruz. Especialmente Ela pede que os sacerdotes organizem Adorações Eucarísticas em suas paróquias. Ela nos chama a rezar o Rosário. Ela nos pede que leiamos a Sagrada Escritura. Em uma mensagem Ela disse: “Queridos filhos, coloquem a Sagrada Escritura em um local visível em suas famílias, em suas casas.” Leiam a Sagrada escritura. Lendo a Sagrada Escritura Jesus possa nascer em nossas famílias. Que esta seja a sua comida no caminho da vida. Perdoem uns aos outros. Amem-se uns aos outros. Especialmente perdoe a si mesmo. Abra-se ao Espírito Santo. Porque sem o perdão não podemos nos curar espiritualmente. Devemos aprender como perdoar. Por isto Nossa Senhora nos chama tanto ao perdão.  Rezem por isto. Rezem com o coração. Não apenas com os lábios, mecanicamente. Rezar olhando o relógio para saber que horas irá terminar. Que tenhamos um tempo específico para rezar. Rezar com o coração. Primeiramente dizer: eu irei rezar com amor. Como todo o nosso ser. Para que a nossa oração seja um encontro com Deus. Para que esta oração seja cheia de paz e amor. Nossa Senhora disse: “Que a oração seja alegria para vocês.” “Meus queridos filhos, se vocês estão na escola de oração devem saber que nesta escola não tem finais de semana nem férias.” “Meus queridos filhos, se vocês querem rezar melhor, vocês tem que rezar mais. Porque rezar mais é uma decisão individual, mas rezar melhor é uma graça que é dada para aqueles que rezam mais.” Alguns dizemos que não temos tempo para rezar, que estamos ocupados, que trabalhamos muito, que não temos tempo para gastar com nossas famílias e com nossos filhos. Temos que fazer compras, ver televisão. Não temos tempo para rezar. Nossa Senhora disse: “Não digam que não tem tempo, porque queridos filhos, o problema não é o tempo, o problema é o amor, porque, queridos filhos, quando amamos algo, arrumamos tempo para isto.” Por isto Nossa Senhora está nos chamando tanto para a oração. Por isto Nossa Senhora está nos despertando deste coma espiritual.

Transcrito e traduzido por Gabriel Paulino – site WWW.MEDJUGORJEBRASIL.COM

 

%d blogueiros gostam disto: